Cirurgias Ortopédicas Comuns para Membros Superiores

 

As cirurgias ortopédicas para os membros superiores são procedimentos médicos realizados para corrigir lesões, doenças ou deformidades dos ossos e tecidos moles, como músculos, tendões e ligamentos.

Cirurgias Ortopédicas Comuns para Membros Superiores

  • Redução Aberta e Fixação Interna (ORIF): Indicada para fraturas complexas do antebraço e úmero. Envolve realinhar os fragmentos ósseos e fixá-los com placas, parafusos ou hastes.

  • Artroplastia: Utilizada principalmente em casos de osteoartrite avançada ou fraturas graves do úmero. Pode envolver a substituição da articulação do cotovelo ou ombro.

  • Enxerto Ósseo: Realizado quando há perda óssea significativa devido a trauma ou infecção. O enxerto pode ser autólogo (do próprio paciente) ou alográfico (de um doador).

  • Reparo de Tendão ou Ligamento: Cirurgias como a reparação do manguito rotador ou reconstrução do ligamento são comuns no ombro e cotovelo. Restaura a função e mobilidade após lesões.

  • Osteotomia: Utilizada para corrigir deformidades e melhorar o alinhamento dos ossos. Frequentemente realizada no úmero para ajustar a angulação.

  • Fixação Externa: Uma opção para estabilizar fraturas quando a fixação interna não é possível. Um fixador externo é colocado fora da pele e fixado aos ossos com pinos.

  • Procedimentos Minimamente Invasivos: Técnicas como a artroscopia são usadas para tratar lesões dentro das articulações com menos dano aos tecidos circundantes.

  • Transferência Tendinosa: Indicada quando um tendão é irreparável. Um tendão funcional é transferido para substituir o tendão danificado.

  • Fasciotomia: Realizada para tratar a síndrome compartimental. Envolve cortar o tecido fascial para aliviar a pressão nos músculos e nervos.

Lembrando que cada caso é único, e o tratamento deve ser personalizado com base na gravidade da lesão e nas características individuais do paciente. Consultar um ortopedista é fundamental para determinar a melhor abordagem.

conheça mais sobre o
dr. alexandre campello

Em mais de trinta anos de formação realizou cerca de seis mil cirurgias, muitas delas em esportistas amadores, outras, em atletas de alto nível que integraram equipes de futebol de todo Brasil e da seleção Brasileira.

No Club de Regatas Vasco da Gama, operou inúmeros atletas de alto nível de diversas modalidades esportivas, mas principalmente, do futebol.

Atualmente segue sua missão de, a cada dia, buscar o melhor no tratamento e recuperação do trauma esportivo e das patologias do joelho. Participação atuante em viagens; congressos; simpósios e palestras, nacional e internacionalmente; bem como, a contribuição na formação de inúmeros profissionais, desde novatos até a qualificação desses, hoje, também referências na área da ortopedia.

procedimentos oferecidos
CIRURGIAS QUE PERFORMAMOS.

Artroscopia

Visão direta para meniscos, ligamentos, cartilagem e outras estruturas no interior do joelho.

Cirurgia de Menisco

Meniscectomia parcial ou reparo/sutura do menisco.

CIRURGIA DE PATELA

Cirurgia para instabilidade (ou luxação) da patela.

LCA

Cirurgia de reconstrução do ligamento cruzado anterior.

Ruptura de tendão Calcâneo

A cirurgia para ruptura do tendão calcâneo pode ser necessária em casos de ruptura total do tendão.

Ruptura de tendão patelar

A cirurgia para ruptura do tendão patelar é indicada para restaurar a função do joelho.

MEMBROS SUPERIORES

Cirurgia para membros superiores, em especial ossos do antebraço e úmero.

MEMBROS INFERIORES

Cirurgia para membros inferiores, em especial tornozelo, fêmur e tíbia.

OSTEOTOMIA DE TÍBIA

Correção do alinhamento do membro inferior.

PRÓTESE DE JOELHO

Cirurgia para a substituição da superfície articular do joelho por uma prótese.

LESÃO CONDRAL

Cirurgia para lesão de cartilagem.

LCP

Cirurgia de reconstrução do Ligamento Cruzado Posterior.

Artroscopia

Visão direta para meniscos, ligamentos, cartilagem e outras estruturas no interior do joelho.

Cirurgia de Menisco

Meniscectomia parcial ou reparo/sutura do menisco.

CIRURGIA DE PATELA

Cirurgia para instabilidade (ou luxação) da patela.

LCA

Cirurgia de reconstrução do ligamento cruzado anterior.

LCP

Cirurgia de reconstrução do Ligamento Cruzado Posterior.

Ruptura de tendão Calcâneo

A cirurgia para ruptura do tendão calcâneo pode ser necessária em casos de ruptura total do tendão.

Ruptura de tendão patelar

A cirurgia para ruptura do tendão patelar é indicada para restaurar a função do joelho.

MEMBROS SUPERIORES

Cirurgia para membros superiores, em especial ossos do antebraço e úmero.

MEMBROS INFERIORES

Cirurgia para membros inferiores, em especial tornozelo, fêmur e tíbia.

OSTEOTOMIA DE TÍBIA

Correção do alinhamento do membro inferior.

PRÓTESE DE JOELHO

Cirurgia para a substituição da superfície articular do joelho por uma prótese.

LESÃO CONDRAL

Cirurgia para lesão de cartilagem.